Diário RBC

(Divulgação) O barro sempre é do outro lado

Por: Tiago Henrique 23/08/2016

Do livro Cartas para a humanidade

Se uma mulher veste blusinha com decote, pode crer que é pra olhar. Elas disfarçam que não, mas é óbvio que sim, aliás, mentir é fácil para o lado feminino, nunca vi...Acho que sou mutante, será que não minto? Ops! Isso também é uma mentira.

quixotesco


Acostumamo-nos a apontar no outro aquilo que julgamos errôneo, no entanto, esquecemos dos nossos erros de estimação para falar da vida alheia. Voltando às mulhers, nós, homens, ainda não aceitamos a versatilidade delas, é claro: elas estão muito modernas, mas isto não é um defeito e sim uma virtude, para os garanhões do dia dia é a melhor coisa, as presas ficaram mais fáceis, mais dadas, chegam até a pular na isca antes que o anzol beire a água.


Cabuloso, mas normal. Hoje em dia tudo é normal, não existem mais absurdos, aceitamos as coisas com muita facilidade, ganhamos e perdemos com muita facilidade, desistimos muito facilmente e vivemos muito superficialmente.


Mais uma vez, acho que sou um ser mutante, não sei se é minha impressão, mas esse índice de achismo tem diminuído significativamente. Não somos mais peixes fora d'água... Tudo é normal, acostumamos a nadar na lama numa ilusão de que desembocaremos no oceano de nossos sonhos... Distantes, utópicos e quixotescos.

Mais Artigos...

Página 6 de 404

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Arquivos