ED 81 - Fevereiro 2016

"Apenas pessoas grandes mudaram o mundo, apenas as vozes alteraram a rotação do planeta, apenas a coragem alcançou o imaginável, só assim o mundo mudou!" - Pamela Sobrinho

William Mota -

Foto: Série Orixás - William Mota - https://www.facebook.com/williammotaartistavisual

BUQUÊ SUBULATA
Tiago Henrique - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. - thvirtual.com
IN DECIFRÁVEL (página 85)

No claro, me faço escuro
No escuro, me faço claro
É que gosto de ser ao contrário

Buscando palavras diferentes
Me encontro em mim mesmo, indiferente
A toda uma teoria
Me resta apenas versos encruzilhados

Depois sou interrogado
E invento sentido
Para o que eu não compreendia

Deixo-lhe uma mensagem,
Confusa, embaralhada
Perdida em palavras,
Montada em estrofes

Versos e poemas escondidos
Não se traduzem com o cérebro
Se entendem com o coração.


COLUNA DA PAMELA

MEU LADO NEGRO

Todos possuímos um lado negro
Um lado que você nao o mostra
Por vários motivos você o guarda
apenas para sim

Mas chega um dia que você tem que
compartilha-lo, porque ficou pesado
demais carregar todo esse peso

Será que você vai me aceitar assim?
Conhecendo todos os meus segredos
mais profundos?
Será que você vai me amar c
conhecendo o meu verdadeiro eu?

Se eu te contar toda a minha historia
Você vai ficar?
Se eu te contar tudo o que eu já vi
Você vai ficar?

Tenho tanto medo, já vi tantas coisas
já senti tantos medos, já vi tantos
horror será que se você me
conhecer de verdade
Você vai ficar?

Sou como um caixa bonita
Bonita por fora, mas com
grandes segredos dentro, então
se você me conhecer
Se você vir meu lado mais negro
se conhecer meus desejos mais profundos
se você vir ate onde eu posso chegar
Você vai ficar?

Todo tememos segredos
Todos mentimos, mas eu nao quero mais
mentir para você
porque eu te amo,
se eu te contar
Você vai ficar??

POESIAS

COLUNA DO TARSO - http://tarsocorrea.blogspot.com.br/

SILÊNCIO


A sombra que protege teu corpo,
É a lápide do teu túmulo;
No silêncio das bocas caladas,
Não regurgitam mais escárnios;
Seus sonhos, ou apenas um mero ideal, tudo morto;
Não terás mais o estímulo;
Olhe para os lados, vês os teus vizinhos, tiveram a vida ceifada,
Pelo tempo ou desatino;
Aproveita o resto que te resta,
A solidão que lhe abraça e manifesta,
Suga a última gota deste amor letal,
E, aquieta a alma neste mundo banal.

COLUNA do Brendow Henrique - https://www.facebook.com/ametafisicapoetica?fref=ts

LABAREDA

Tenho uma labareda dentro do peito
Que lastreia os cantos da minha calma
Faz da insanidade um caminho estreito
E incendeia o convés da minha alma

Tenho uma labareda dentro do peito
Que rasga as cortinas da minha mente
Faz-me arder num labirinto insuspeito
Desperta em mim algo que ninguém sente

Eu a deixo queimar
Eu a mantenho viva
Bem distante do mar

Minha querida labareda subversiva
Eu a deixo gritar primeiro
Eu a deixo queimar-me por inteiro!

ESPAÇO ABERTO

  • LEMBRANÇAS DE UM PASSADO QUE NÃO É MEU

Amanda Ribeiro -http://mandiibeiro.blogspot.com.br/

foto amanda

Em meio a anotações financeiras da década de 40 sobre dias de trabalho na roça, capinas, café, milho, queijo, gado e dividas em mirreis, construção de ranchos e oração contra erva, traçados em caligrafia deslumbrante, descubro alguns pequenos, simples - e ao mesmo tempo tão ricos – registros do cotidiano do meu grande bisavô Olívio Batista Ribeiro.

Hoje, 23 de fevereiro de 41, às 03 da tarde.
Belíssimo tempo. Estou assentado na sala e Maria deitada sobre o assoalho. Ibrahim e Gabriel brincado com sacos de café e me amolando pª fazer carrinho. Isso é impossível com tanta preguiça. A inglesa deitada e o periquito a assobiar. Foge Gabriel enjoado!

Matta da Goiabeira, 24 de outubro de 1943
Belíssima tarde, Ibrahim, Maria e Odilon a brincar pelo curral, Hermenegilda doente de cama.Tarde tão alegre para que pode, já para mim, tanta tristeza traz. Em um imenso curral, nenhuma viva alma pª me distrair, neste profundo bosque debaixo deste paredão. Adeus capina, adeus mocidade, para nunca mais! Assim Deus o quis: é nascer, viver e morrer.

  • DEPRESSÃO

Samela Rayany - Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Screenshot 12

Há muito tempo andava cabisbaixo. Não tinha mais paixão pela vida. Estava abatido, visivelmente debilitado. Procurou um médico, encaminharam para outro, enfim, foi diagnosticado com a CID 10, também conhecida como depressão (...) Era como se o espírito tivesse se jogado de um penhasco e seu corpo ainda continuasse vagando sem rumo pela cidade cheia de atrativos e apelos materiais dos mais diversos. Entretanto, não havia nada que alterasse àquele estado de tristeza aguda. Então, o homem de jaleco branco (...) disse que havia um circo que tinha um palhaço muito engraçado e fazia todo mundo dar risada, quem sabe, iria sugerir, quando ouviu de seu paciente:


- Doutor, eu sou o palhaço.

No Brasil a palavra "depressão" vem do latim depressio, de deprimere, que significa “apertar firmemente", "para baixo”. Cerca de 18% das pessoas vão apresentar depressão em algum período da vida, quem já teve um episódio apresenta cerca de 50% de possibilidades de manifestar outro; quem teve dois, 70% e, no caso de três quadros bem caracterizados, esse número pode chegar a 90%.

A organização mundial de saúde (OMS) está pedindo que os países ofereçam mais apoio às pessoas que já tentaram alguma vez se matar e que, por isso, fazem parte de um grupo de maior risco. Inicialmente, o termo depressão era usado para designar sintomas ou caracterizar estados mentais, sendo que a doença era chamada de melancolia, termo criado há mais de 25 séculos. No século XX, em 1995, a depressão passou a ser considerada uma doença.

De acordo com a OMS, a depressão é uma das principais causas de incapacidade no mundo, sendo que o suicídio associado à depressão faz cerca de 850.000 vítimas anualmente, uma pessoa a cada 40 segundos. Essa é a segunda maior causa de morte em pessoas entre 15 e 29 anos, enquanto que os com mais de 70 anos são aqueles que mais frequentemente se tornam suicidas.

O Brasil é o quarto país latino-americano com o maior crescimento no número de suicídios entre 2000 e 2012, sendo que apenas 28 países têm uma estratégia nacional de prevenção de suicídios, de acordo com a OMS, e o Brasil é um deles. Segundo o Ministério da Saúde, "a rede pública oferece acompanhamento psicológico, psicoterápico e assistência psiquiátrica hospitalar" para prevenir suicídios.


Screenshot 11

Lembro quando li uma matéria na VEJA, há uns dez anos atrás em que dizia “Depressão, o mal do século”, e nem sabíamos direito o que era isso. Pouco falado, pouco discutido, e pouco conhecido. As pessoas tendem a achar que depressão é um drama. Infelizmente, sabemos que não é.

Depressão é doença, há um comprometimento dos neurotransmissores responsáveis pelo funcionamento normal do cérebro, incapacita milhares de pessoas, afastando-as do trabalho. Em dois anos, o número de afastamentos por depressão sobe 63%, a doença atinge 121 milhões de pessoas no mundo, segundo OMS.

É o maior transtorno mental no trabalho, e atinge a todas as idades. Junto com ela vemos outros transtornos decorrentes da depressão, como pensamento suicida (autoextermínio), automutilação, ansiedade, insônia, síndrome do pânico, psicose por fatores estressores e etc. Perda de energia falta de vontade para realizar atividades que davam prazer e cansaço constante, perda de peso sem razão aparente, dificuldade em dormir, porque ocorre diminuição da serotonina, que é o hormônio do prazer e do bem-estar são sintomas de depressão.

A pessoa pode também cometer uso abusivo de álcool e outras drogas como tentativa de fugir da tristeza. As pessoas depressivas que se automutilam também tem o objetivo de transferir a dor emocional para a dor física como uma descarga para obter alivio. No menor sinal de abatimento, sofrimento persistente, crises de choro e de isolamento, procure ajuda. Geralmente, os sinais de depressão estão presentes por mais de 2 semanas, sendo necessário ir ao psicólogo e/ou no psiquiatra para iniciar o tratamento e curar a doença.

O recomendado ao paciente com depressão é fazer o chamado “movimento contrário”, é assim que começa o tratamento, sempre contrariando o desejo de isolamento, autoextermínio, pensamentos negativos e etc., muitas vezes com auxilio de remédios antidepressivos e estabilizantes de humor. A depressão nao tem idade, ela atinge qualquer pessoa, em qualquer situação, dentre os maiores aos piores agravos e sintomas. Pode ser recorrente de fatores estressores, como também pode surgir através de uma montanha de problemas. O dialogo é muito difícil com quem sofre do transtorno, pois a pessoa tende a se isolar, nao aceita ajuda e nao quer contato com o mundo fora daquele mundo que ela enxerga com as lentes da tristeza, o que dificulta muito o tratamento, e quanto maior o isolamento maior a chance de tentativas de suicídio. A depressão tem graus, temos depressão em que a pessoa continua as atividades rotineiras, e precisa apenas de terapia, como há também casos de pessoas que deixam de comer, de tomar banho, de dormir em razão da doença.


O recado que fica é: Não cruze os braços diante dessa doença, o mais importante para quem sofre de depressão crônica ou nao, é o apoio da família e de amigos, a persistência, pois as pessoas precisam de ajuda para conseguir superar esse momento. É importante ressaltar que a pessoa que já teve depressão, mesmo curada, precisa seguir tratamento, pois o índice de recaídas é alto, ela precisa de um tratamento constante para que se estabilize em sua vida. Os pais devem ficar atentos nos sintomas de seus filhos, principalmente adolescentes, procure ajuda para que o diagnostique seja feito o quanto antes. O quanto antes você procura ajuda, mais fácil será sair desse abismo que é a depressão. As faculdades de Betim, e os postos de saúde oferecem tratamentos psicológicos gratuitos, grupos de apoio e solidariedade.

Depressão tem cura, tratamento, cuidados, e prevenção. Pratique esportes, faça psicoterapia, atividades de lazer que ajudam a prevenir e também fazem parte do tratamento.

O mais importante é saber que você não precisa passar por isso sozinho.


MOMENTO CULTURAL

Convido a todos a visitarem o canal do Tiago Henrique no Youtube e conferir seu novo trabalho:

https://www.youtube.com/watch?v=aCsXqiNau08


Convido-os para curtirem a página do William Mota, artista visual betinense, foi convidado para representar o Brasil na “Semana cultural Brasil-Noruega”. A exposição de arte aconteceu na primeira quinzena do mês de setembro de 2015 na cidade de Oslo, Noruega.

https://www.facebook.com/williammotaartistavisual

COLUNA VEGETARIANA
Assista: http://www.terraqueos.org/


*FAÇA DOWNLOAD DE TODAS AS EDIÇÕES DA RBC, CLIQUE AQUI (http://www.4shared.com/dir/9mm2HE1N/RBC_Memria.html)

EDIÇÃO PUBLICADA POR
PAMELA SOBRINHO ( Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. )